217 548 278  963 668 745  910 359 865 
Categoria: Vencedores
Publicação: 2017-11-21

  • Melhor projeto
  • "Reorganização da área de ambulatório do IPO Porto. Unidades de prática integrada: avaliação aos 10 anos de implementação, o caso da clínica da Mama”, Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, EPE – apresentado pelo Dr. José Laranja Pontes

  • Sinopse
  • O tratamento de doenças complexas, como o cancro, requer a intervenção de múltiplas especialidades de forma integrada, a qual tem implícita a centralização dos cuidados em torno das condições médicas do doente ao longo do ciclo de cuidados. Assim, e para o caso da patologia de mama, o IPO Porto implementou uma estrutura organizacional, suportada por condições técnicas adequadas, nomeadamente o espaço físico, à qual chamou Clinica da Mama. O princípio subjacente é o da movimentação dos profissionais em torno do doente, garantindo cuidados de saúde mais eficientes e a custos inferiores através da criação de sinergias entre especialidades e profissionais.

  • Menção honrosa
  • “Programa de gestão integrada de cuidados aos doentes crónicos complexos”, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, EPE e ACES Lisboa Ocidental e Oeiras - apresentado pelo Dr. Nuno Ferreira e Dr. Carlos Russo

  • Sinopse
  • As mudanças demográficas ocorridas recentemente, induzidas pelo aumento da esperança de vida, têm feito crescer o número de doentes crónicos, os quais utilizam com elevada frequência os serviços hospitalares o que origina um elevado consumo de recursos de saúde, tendo demonstrado a realidade que a resposta a estes doentes crónicos tem sido fragmentada, reactiva e episódica, através da utilização dos serviços de urgência, centrados na doença e não no doente.
  • Existe, assim, necessidade de se alterar o paradigma da resposta e proporcionar aos doentes crónicos cuidados de saúde contínuos, integrados e preventivos, centrados no doente e não na doença, nos quais o doente é encarado como parceiro.
  • Através deste Programa que abrangerá os doentes crónicos complexos, pretende-se que o doente tenha uma melhor qualidade de vida, uma melhoria no seu estado de saúde, que permita à equipa de saúde actuar atempadamente nas situações de agudização da doença crónica, com a consequente diminuição do número actual de admissões ao Serviço de Urgência e do número de dias de internamento, aumentando a satisfação e a efectividade da prestação de cuidados a este grupo de doentes crónicos.

  • Melhor poster
  • "Utilizadores Frequentes do Serviço de Urgência Geral (SUG) do Hospital Garcia de Orta (HGO) - Incentivo à integração de cuidados" do Hospital Garcia de Orta, EPE

  • Menção honrosa
  • "Programa de formação e prevenção da anafilaxia nas escolas” do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, EPE


Faça o seu registo para iniciar a sua candidatura